quarta-feira, 18 de maio de 2011

sintese filme mãos talentosas


ACADEMICAS: ROZILENE BELLAVER E SILVIA PESENTE





RESENHA

FILME: MÃOS TALENTOSAS



O filme Mãos Talentosas relata a história de vida de um médico bem sucedido profissionalmente. Em sua trajetória superou dificuldades e preconceitos, tendo como porto seguro sua mãe, que mesmo sendo uma pessoa sem muito conhecimento cientifico esteve sempre ao seu lado incentivando e fazendo perceber que era capaz de fazer melhor.

Ben era um menino de cor negra que vivia com sua mãe e seu irmão em uma casa simples, sua mãe sustentava a casa trabalhando como doméstica, e sofria com a separação de seu marido que ocorrera devido a descoberta de uma traição.

Na escola quando criança, Ben acreditava ser inferior aos seus colegas, sua auto-estima era muito baixa, sempre afirmando que não era capaz e seu cérebro não funcionava. Porem quando chegava em casa sua mãe apesar de ser analfabeta fazia o possível para contribuir na aprendizagem dos filhos, incentivando para que os mesmos acreditassem em seu potencial, sempre salientando que eram capazes de fazer tudo o que os outros faziam, porem melhor.

Certo dia sua mãe resolveu procurar ajuda psiquiátrica devido a depressão que estava sofrendo, tendo que ausentar-se por algum tempo. Delegando uma tarefa para que seus filhos ficassem ocupados durante este período: deveriam aprender toda a tabela até o dia em que ela retornasse. Os filhos não gostaram muito da idéia porem, tinham muito respeito e consideração e atenderam o pedido. Essa atitude contribuiu muito para um bom desenvolvimento na escola.

Ao voltar para casa sua mãe começou a trabalhar na casa de um professor, o qual tinha uma biblioteca com muitos livros, admirando o conhecimento do professor percebeu que seus filhos precisavam ler mais, ao retornar para casa ordenou que os mesmos poderiam assistir somente dois programas de TV por semana e o restante do tempo livre deveriam ler livros e entregar a ela um resumo escrito de pelo menos dois livros por semana. Com ajuda do professor onde trabalhava, ela também aprendeu a ler. Essas atitudes fez com que Ben construísse conhecimentos sobre diversos assuntos.

Com o passar do tempo Ben tornou-se o aluno com melhor aproveitamento da classe, ao receber a homenagem uma das professoras fez um discurso preconceituoso sobre a estrutura familiar de Ben e sua cor. Ben e sua mãe ao ouvir o discurso ficaram decepcionados, fazendo com que sua mãe tomasse a atitude de mudá-lo de escola.

Na nova escola Ben esteve em contato com adolescentes que tiveram poder de influenciá-lo com atitudes negativas. Porem Ben percebeu a tempo que estava indo para o caminho errado e retomou seu interesse pelos estudos. Sendo que sua mãe sempre esteve perto incentivando a fazer melhor que os outros.

Ben interessou-se por neurocirurgia buscando entender o funcionamento do cérebro humano, e entrou na faculdade de medicina onde conheceu sua namorada que também sempre o incentivou.

Ao terminar a faculdade foi fazer a residência em um hospital de neurocirurgia, onde percebeu que era possível fazer melhor que os outros, observando algumas atitudes em seus colegas de trabalho as quais não concordava. Ben sempre buscou fazer o melhor e nunca deixou com que seus problemas familiares afetassem seu trabalho, tornando-se um médico muito bem conceituado e conhecido mundialmente, destacando-se pelas cirurgias de risco que realizava com sucesso.

Portanto este filme demonstra o exemplo de que os fatores sociais interferem no comportamento das pessoas, porem quando tem uma base familiar incentivadora e positiva os fatores negativos tornam-se pequenos. Assim como a mãe de Ben todos os pais deveriam agir com posturas firmes diante de seus filhos, orientando-os para o melhor caminho.

Recomendamos este filme para todos os pais, professores, psicopedagogos, adolescentes, jovens e demais pessoas que buscam um exemplo de determinação, auto-estima e autoconfiança sobre suas capacidades.




Um comentário:

  1. Esse filme é muito bom mesmo! incentiva qualquer pessoa que acha que não vai conseguir nada na vida! muito bom mesmo!

    ResponderExcluir